Mitos sobre as acompanhantes de luxo

Se sempre achou que sabia tudo sobre acompanhantes de luxo ou acompanhantes de rua, então pense novamente, todos os mitos que alguma vez terá ouvido serão desmistificados de uma vez por todas!

 

Alegorias sobre o mundo das acompanhantes

Se acha que já ouviu de tudo e que como já leu vários livros e entrevistas acha que está um expert sobre o assunto, então talvez esteja redondamente enganado! Começando pelo início, se acha que esta profissão é apenas um campo feminino, então podemos começar por ai.

Não são só mulheres que trabalham como acompanhantes, o que não faltam são homens e transsexuais, e a realidade é que não faltam tanto homens como mulheres para contratar os seus serviços, ou seja para clientes.

Para compreender melhor o que se passa neste mundo, Alguém está disposto a vender o seu tempo e a sua companhia e há outros que estão sempre interessados em comprá-lo! Esta é a frase que melhor define o trabalho como acompanhante!

 

A droga leva muitos a envergarem por este caminho!

Lamento informar, mas essa não é uma realidade no mundo das/dos acompanhantes de luxo! Nem toda a gente está neste mundo para usar e consumir drogas, a sociedade tem que compreender isso, mas também há que perceber que há muitos que consomem e não são acompanhantes, terá o exemplo de atletas de alta competição, actores e actrizes de cinema, e até mesmo os que trabalham com a Bolsa, dizem que é uma maneira de libertarem o stress.

Se já leu outros artigos, então deverá de ter compreendido que algo que é aconselhado é mesmo o não usar drogas ou consumir álcool, pois para se ser um/uma boa profissional há que ter a cabeça e corpo limpos e saber sempre o que se está a fazer. Um cliente quando paga pela companhia de uma mulher não quer aturar devaneios mas sim estar com alguém que esteja consciente e ciente das suas capacidades.

Este é apenas mais um dos mitos que muitos acham ter fundamento, mas repare que estas mulheres e homens têm que tratar do seu corpo e da sua mente, pois é assim com eles que trabalham e não estiverem saudáveis nada de bom sairá dai!

 

Não são inteligentes para terem um “trabalho normal”

Primeiro, nos dias que corram o que é considerado um “trabalho/emprego normal”? Se há algo que não é normal neste momento é a sociedade na qual estamos inseridos, que tem que criticar por fazermos bem ou mal, e nada disso é rectificado!

Por isso, será melhor fazer primeiro as contas antes de chamar os acompanhantes de pessoas menos inteligentes, tendo em conta que eles/elas fazem o seu próprio horário, não dependem de ninguém para pagar as suas contas, e as suas contas bancárias provavelmente são bem mais altas do que maior parte da classe social média de momento.

Além do mais, os clientes pagam para terem a companhia de pessoas inteligentes, ninguém quer conversar com pessoas burras e que não sabem nada. Muitas acompanhantes acabam até mesmo por ter licenciaturas e mestrados, mas sejamos realistas, nos dias que correm qual é a diferença?

Maior parte dos licenciados têm empregos precários e recebem mal, será as/os acompanhantes são assim tão asnos por querem receber mais dinheiro e controlarem a sua vida?

 

Só há clientes feios

Será que é mesmo essa a realidade? Será que o estereótipo não está um pouco enganado? Sabia que muitos dos clientes das acompanhantes são homens e mulheres com muito sucesso a nível profissional e que simplesmente não têm tempo para terem relações amorosas e por isso procuram a companhia de outros.

Todo o tipo de pessoas procura um ou uma acompanhante, isso não passa de um verdadeiro mito. Não importa a idade, a raça, o sexo, status social, a procura simplesmente acontece e será mais do que natural que cada um tenha as suas razões mas acredite que a beleza, ou a falta dela, não é mesmo uma das razões.

 

Maior parte das acompanhantes é forçada a entrar para a indústria

A informação acima não poderia estar mais errada, primeiro porque maior parte das acompanhantes de luxo trabalha como independente, e não, não há um “empresário” por trás a tentar impingir clientes, claro que poderá haver sempre essa caso mas em maior parte deles a situação não é mesmo essa!

O facto de serem acompanhantes independentes é que o que as faz escolher este tipo de trabalho; Poderem escolher o seu horário de trabalho, número de horas que trabalham por dia, escolhem os seus próprios clientes e estabelecem o seu próprio valor, será que há alguma coisa que falte?

As mulheres e os homens que entram para o mundo de acompanhantes só vendem o seu tempo e a sua companhia, e por isso têm muito mais liberdade em todos os aspectos, será que os inteligentes aqui não são eles?

 

O que não falta é dinheiro!

Ok, será verdade que haverá alguns dias em que os acompanhantes terão dinheiro para “dar e vender”, mas nem todos os dias são assim e claro que as suas despesas são mais que muitas, principalmente se forem trabalhadores independentes. Não se esqueça que os/as acompanhantes têm que estar sempre no seu melhor, isso inclui idas regulares ao ginásio, esteticista, médicos privados, cabeleireiro, solário, artigos que não podem dispensar como brinquedos sexuais, preservativos (provavelmente terão uma gama incomparável), lubrificantes, roupas para todo o tipo de ocasiões entre outros, assim como terão as despesas normais de qualquer pessoa comum, tem que pagar casa, carro, comida e claro, roupa e sapatos que têm que ser mais que muitos e sempre de alta qualidade, pois os acompanhantes não andam mal vestidos!

 

É preciso ser jovem e bonito para ser acompanhante

Não se pode dizer que não ajuda ser jovem e bonito para uma pessoa entrar no mundo dos acompanhantes, mas poderá acreditar que não será isso que mais interessa. Ao iniciar-se neste mundo, deverá ter a certeza sobre as suas escolhas! Há um cliente para cada trabalhador disso poderá ter sempre a certeza…

Deixar uma Mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.