Entrevista a uma acompanhante de luxo

Será que sabemos ao certo o que é a vida de uma acompanhante de luxo? Para compreender melhor decidimos dar a conhecer a vida de Zoe, uma acompanhante de luxo em Londres, que estava a viver o seu emprego de sonho!

A própria começa a contar a sua história, “Estava num hotel em Londres durante 3 horas e saia de lá com mais de 1000 libras”, Zoe decidiu no dia seguinte ir comprar o seu primeiro par de sapatos Gucci e uma mala Louis Vitton. Claro que vendo assim poderemos sempre achar que a vida de uma acompanhante é de facto glamorosa e muito convidativa tendo em conta o dinheiro que se ganha!

Zoe tem 33 anos, mas quando começou tinha apenas 23 anos, e tudo se deu porque numa determinada noite, encontrou um homem com quem costumava sair e este entregou-lhe o seu cartão de trabalho, ela decidiu ligar e foi quando percebeu que era uma agência de acompanhantes de luxo.

Desde o seu primeiro dia de trabalho, que Zoe adorou,

A minha vida andava sempre num frenesim. Fui a jantares absolutamente fantásticos e ao teatro. Ainda me pagavam para acompanhar em férias maravilhosas, foi nessa altura que pensei que queria ter este trabalho para sempre, adorava!

Mas nem sempre foi um emprego glamoroso, ela ri-se e conta,

Conheci um homem gordo e malcheiroso com um hálito horrível. No fundo até não era má pessoa, cheguei a conhecer outros como ele e quando os conhecia mesmo mostravam-se pessoas simpáticas, apenas não tinham cuidados de higiene pessoal.

A experiência sexual mais estranha vivida por Zoe foi quando estava de férias na Ilha das Canárias, ela conta uma das situações mais engraçadas que lhe aconteceu,

voltamos para o quarto depois de termos ido sair à noite, o homem pediu-me para vestir um conjunto rendado transparente, usar collants e saltos altos, assim o fiz, fui à casa de banho e mudei de roupa. Quando entrei novamente no quarto ele estava deitado em cima da cama a usar a mesma coisa que eu e ainda tinha batom vermelho nos lábios.

Parecíamos irmãs gémeas, tive que voltar para a casa de banho para me rir, não conseguia aguentar, mas para não o ofender disse que tinha dores de barriga e demos a noite por terminada.

É fácil arranjar um namorado quando é uma acompanhante de luxo?

Quando tive o meu primeiro namorado e não lhe contei o que fazia, posso afirmar que me arrependi, porque quando ele descobriu tornou-se numa verdadeira “tempestade”, ele chegou mesmo a dizer que tinha nojo de mim e ainda ameaçou contar tudo à minha família.

Desde este então, Zoe conta que diz a todos os seus companheiros que é um stripper e que todos estão de acordo, e não se importam com a situação! Acrescenta ainda que:

Provavelmente não se importam porque vivem numa casa bonita e todas as compras sou eu que faço, tanto de comida como de roupa!.

Toda a família sabe o que esta faz e apoia a sua carreira profissional, mas o seu pior momento foi quando uma amiga a seguiu e pediu para entrar no seu mundo, mas Zoe achou que não era uma boa escolha pois ela não tinha dinheiro e esta era a sua única hipóteses de ganhar dinheiro. A situação piorou quando seis meses mais tarde ela veio a descobrir que a sua amiga estava a trabalhar num bordel, onde fazia turnos de 12 horas ás vezes eram de 24 horas e muitas vezes saia de lá com apenas 200 libras.

Zoe diz ter tido muita sorte, a agência para a qual trabalhava realmente importava-se com as suas acompanhantes e tinham sempre bons clientes, mas nem todas as agências são assim!

A sua última dica:

Não se preocupem com o que pensam sobre as vossas vidas enquanto acompanhantes de luxo ou qualquer outra profissão, até podemos achar que é um cliché muitas das frases que vemos mas a realidade é mesmo esta, se não nos pagam as contas no final do mês, então não têm mesmo o direito de dar a opinião!

Deixar uma Mensagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.